Skip to main content

5 indicadores de que você tem problemas de gengiva

Desprezar um pouco de sangue visível na pia após a escovação ou depois de passar o fio dental pode não caracterizar um problema, mas há bons motivos para conhecer melhor esses sinais – iniciais de uma forma tratável e reversível de doenças gengivais. Se não for tratado, esse estágio leve de um problema gengival pode progredir até um nível avançado, que prejudica permanentemente os ossos e tecidos localizados aor redor dos seus dentes. Preste atenção a estes cinco sinais mais visíveis que o seu corpo está enviando, para manter uma boca saudável.

Nº 1 - Você vê sua gengiva vermelha

O vermelho é a cor de alerta para perigo. Então, se ao olhar no espelho você vê gengivas que estão em um tom avermelhado ou arroxeado, isso pode ser sinal de problema. Gengivas saudáveis são firmes e têm uma cor rosa-pálido. As bactérias podem levar à inflamação das gengivas, conhecida como gengivite, o estágio inicial e leve de um problema na região, ou à periodontite, um estágio mais avançado e sério da doença.

Nº 2 - Suas gengivas estão inchadas

Na fase inicial dos problemas de gengiva, pode também haver inchaço, à medida que aumenta a inflamação. Este é um sinal de que você deve dar maior atenção a rotina de cuidados bucais.

Nº 3 - Você vê vermelho na pia

Ver sangue na pia quando cospe depois da escovação e/ou de usar o fio dental é outro sintoma. Gengivas que sangram com facilidade podem sinalizar problemas  gengivais.

Nº 4 - Suas gengivas estão se afastando dos dentes

Se seus dentes estão parecendo maiores do que o normal e você nota retração de gengivas, ou mesmo maior distanciamento da gengiva, é um sinal clássico de uma doença gengival , ou de periodontite – não é apenas parte natural do envelhecimento.

Nº 5 - Você está com mau hálito

Mau hálito ou um gosto excessivamente ruim na boca pode também ser indício de começo de doença gengival. A formação de placa na língua normalmente é a causa do mau hálito.

Outras mudanças que acontecem em sua boca, impulsionadas por problemas, podem incluir gengivas sensíveis ao toque, novos espaços entre os dentes, dentes moles e/ou mudança na mordida ou em como os dentes se encaixam quando você fecha a boca. Todos esses são sinais que não devem ser ignorados. Se você assumir o controle da situação das suas gengivas, ainda há uma chance de evitar problemas avançados. Na dúvida, procure o seu dentista.