Skip to main content

Os 5 principais motivos do amarelamento dos dentes

Você já se olhou no espelho e se perguntou como seus dentes ficaram tão amarelos? Muitos de nós, sim. Pelo fato de acontecer gradualmente, o amarelamento pode não ser percebido. Felizmente, dentes amarelados não são um sinal de doenças sérias. E apesar de ser frustrante e mexer com a autoconfiança e fazer com que você perca sua melhor arma – seu sorriso branco e brilhante –, você pode reconquistá-lo. Para começar, saiba o que causa o amarelamento e como evitá-lo ou limitar a exposição a esses fatores.

MOTIVO nº 1: Você está ficando mais velho

Seus dentes também podem começar a amarelar como parte natural do processo de envelhecimento. Isso acontece quando a cobertura branca e forte, conhecida como esmalte, vai perdendo o brilho com o tempo, por causa do desgaste diário dos dentes.

MOTIVO nº 2: Você fuma

Produtos à base de  alcatrão, nicotina e metais pesados, contido nos cigarros e cachimbos, mancham os dentes. Se você consome esses produtos, seus dentes vão escurecer com o tempo.

MOTIVO nº 3: Você está em falta com a sua higiene bucal

Não seguir uma rotina de escovar os dentes, usar fio dental e um enxaguatório para remover o acúmulo de placa e do tártaro pode acelerar a descoloração.

MOTIVO nº 4: Você está tomando remédios

Alguns medicamentos, como os antibióticos doxiciclina e tetraciclina, podem escurecer os dentes de crianças menores de oito anos. Alguns anti-histamínicos, anti-hipertensivos e antipsicóticos também mancham os dentes de adultos. Verifique os possíveis efeitos colaterais dos medicamentos que está tomando, ou que vá começar a tomar, conversando com seu médico e seu dentista.

MOTIVO nº 5: O amarelo está em seus genes

Outra possibilidade é que você tenha herdado um dente mais amarelado do que outras pessoas. 
Caso note que seus dentes são mais amarelos do que gostaria, utilize os enxaguatórios LISTERINE® Whitening Pré-Escovação e Antimanchas para te ajudar a recuperar o branco natural dos dentes.