Skip to main content

Você tem desgaste do esmalte dentário?

O esmalte dentário é o tecido mais forte do corpo humano. Deve estar sempre firme e forte, mas também pode se desgastar com o tempo, pelo consumo de alimentos e bebidas com alta acidez. Se você não se sentir confortável ao morder vegetais duros e crus, tais como as cenouras, confira estes sintomas para ver se o esmalte dentário pode estar se desgastando, deixando seus dentes vulneráveis a tudo, devido a presença de lascas a trincas até cáries.

SINAL nº 1: Reentrâncias nos dentes

Caso você note reentrâncias nos dentes, conhecidas pelos dentistas como erosão dental, pode ser um sinal de que o esmalte se desgastou.

SINAL Nº 2: Dentes amarelados

Outro sintoma que indica que o esmalte pode estar se desgastando é a cor amarelada dos dentes, que aparece quando uma parte maior da dentina (o tecido que forma grande parte do dente e fica abaixo do esmalte) fica exposta (a dentina tem uma cor naturalmente amarelada).

SINAL Nº 3: Dentes lascados

Se você começar a ver pequenas lascas e trincas nos dentes, pode ser outro alerta de que o esmalte está se desgastando e que os dentes estão ficando mais fracos, menos capazes de aguentar as cargas da mastigação e as mordidas sem se danificarem.

SINAL Nº 4: Sensibilidade

Se seus dentes estão ficando mais sensíveis com o tempo, principalmente em situações de temperaturas extremas, como respirar ar frio ou consumir chá ou café quentes, ou mesmo água gelada, pode ser sinal de que o esmalte está foi afetado, tornando seus dentes mais vulneráveis à cárie. Você também pode sentir uma pontada aguda de dor ao consumir alimentos doces, aos quais seus dentes enfraquecidos podem reagir imediatamente.